Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Ano: 2010
Páginas: 459
Gênero: Juvenil

Resenha por: Luísa
Nota★★★★ + 

O primeiro "encontro" de Clary e Jace não poderia ter sido... pior. Ela presencia um crime cometido por Jace e outros adolescentes tatuados e equipados com chicotes brilhantes e armas pra lá de esquisitas. Ele, um nephilim - filhos de anjos com humanos - que tem como missão caçar demônios; ela, uma mundana que não se sabe por que tem o dom da Visão... Mas as diferenças entre os dois não impedem que em 24 horas Clary se veja envolvida pelo mundo de Jace e dos Caçadores de Sombras; a mãe dela desaparece e a própria Clary é atacada por um demônio. Aparentemente, ela não tem a quem recorrer além de Jace. Mas por que um demônio estaria em uma mundana como Clary? E como de uma hora pra outra ela atem do dom da Visão e percebe o Mundo das Sombras? Todos, inclusive Clary, querem saber...


Cidade dos Ossos é um livro sobrenatural onde a Cassandra Clare criou novos mundos e juntou várias lendas: vampiros, lobisomens,... Além de criar os Nephilins: Filhos de Anjos e Humanos que tem como função matar demônios. São chamados de Caçadores de Sombras.
O livro começa quando Clary e seu amigo Simon decidem ir a uma balada de Nova York, Pandemônio, a mesma em que Jace, Alec e Isabelle estavam. Clary testemunha um assassinato causado pelos 3 adolescentes totalmente diferentes dela, eles carregavam chicotes, armas, usavam roupas de couro e eram todos tatuados. Clary pensou em chamar a polícia, mas apenas ela os via e o corpo simplesmente sumiu. Pouco depois sua mãe é sequestrada e ela é atacada por um demônio, Clary não tenha a quem recorrer fora Jace, e em menos de 24 horas ela já está totalmente envolvida pelo mundo das sombras. Ao decorrer das páginas Clary descobre mais sobre ela, sua mãe e seu novo mundo.
A história da série Instrumentos Mortais me faz lembrar de Harry Potter, principalmente o primeiro livro, e se você parar para comparar os personagens vai encontrar várias semelhanças, inclusive nas falas. Talvez isso tenha ajudado para que a série se tornasse uma das minhas preferidas logo nas primeiras páginas do primeiro livro.
A narração é mais focada na vida da Clary, mas ainda assim consegui perceber a personalidade que a autora criou para cada personagem, o jeito "superior" de Jace, a sedução da Isabelle, a afinidade e ciúmes que Alec tem por Jace, o jeito "bobão" e atrapalhado de Simon,...
Na metade do livro já fiz minha aposta sobre o fim da história, e realmente aconteceu o que eu esperava, porém com uma surpresa a mais que me deixou de queixo caído por dias, inclusive até depois de terminar o 2ª livro da série.
Cidade dos ossos é um dos meus livros preferidos,e por isso o indico. Acho qu todo adolescente gostaria de viver nesse mundo (não a hora das batalhas com Valentim é claro). Dei 5 estrelas e 3 corações.


Deixe um comentário

Poste seu comentário!